27June2017

Irmãs Franciscanas Bernardinas

Evangelizando em nome de Jesus

Você está aqui: Home Notícias Justiça, Paz e Ecologia RIO + 20: E Agora?

RIO + 20: E Agora?

SINFRAJUPE - O Serviço Inter-franciscano de Justiça, Paz e Ecologia - realizou um evento no dia 22 de agosto de 2012 na Assembléia Legislativa em Porto Alegre. O tema foi: RIO + 20: E Agora? Mais de 60 franciscanos, franciscanas e outras pessoas interessadas no assunto participaram. Depois de uma oração realizada pelas Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora Aparecida, Irmã Rosemaria Jaschke, Presidente da Família Franciscana do Rio Grande do Sul, realizou a acolhida e a saudação inicial.

 

Houve três painelistas, um dos quais deu sua colocação através de um vídeo, pois estava naquele momento participando numa manifestação dos movimentos sociais em Brasília.

A primeira painelista, Cíntia Barenho, que é ambientalista e assessora da Comissão de Saúde e Meio Ambiente, falou sobre a Cúpula dos Povos, o evento paralelo ao RIO + 20. Destacou que, mesmo que o evento oficial fosse um sucesso de propaganda, o documento que saiu não mudou nada com respeito ao meio ambiente. Mesmo assim, a Cúpula dos Povos reuni muitos grupos diferentes para trocar idéias. Das notas de uma das participantes:

· "Evidenciou alguns alertas pós Rio+20: mudança do código florestal, serviços ambientais, redução de emissão por desmatamento e poluição ambiental, Bolsa Verde, mudanças climáticas, debate da Copa e das Olímpíadas, atenção às terras indígenas e kilombolas, erradicação do trabalho escravo e infantil, necessidade de novas políticas públicas e legislação mais eficiente."

O segundo painelista, Luiz Zarref, falou por vídeo, dando uma reflexão do evento do ponto de vista do movimento Via Campesina. Fez uma memória dos eventos anteriores e também destacou a convergência que aconteceu entre os participantes da Cúpula. Distinguiu entre "falsas" e "verdadeiras" soluções. Segundo ele:

· A Cúpula dos Povos apontou para as verdadeiras soluções: a soberania e a autonomia sobre os territórios:

- soberania ambiental;

- soberania ambiental e agroecologia;

- soberania energética;

- reforma agrária;

- práticas de trabalhos "limpos" e sustentáveis.

A terceira painelista, Vanessa dos Santos, falou do ponto de vista do SINFRAJUPE, do qual faz parte da coordenação. Destacou a participação dos jovens e a negligência da mída na cobertura dos eventos paralelos ao evento oficial. Notou que a organização da Cúpula dos Povos rejeitou patrocínio das empresas que também fazem parte das "falsas soluções", dizendo: "A arte que liberta não pode vir da mão que oprime."

No final, houve tempo para algumas perguntas e respostas das painelistas presentes.

Informações

Rua Miguel Couto, 457
Bairro Menino Deus
Porto Alegre-RS
Telefone: 3233-9726